sábado, 7 de junho de 2008

Que o homem das estrelas traga o silêncio da escuridão e a doçura do espaço,pontilhado de luzes e solidão,dando a exata extensão da poesia.
O som do piano ecoa pelo espaço e rescinde na alma,onde tudo é doce e puro,pois lembranças são muito mais do que palavras.
É tudo mágico.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...