quarta-feira, 14 de junho de 2017

10 anos de blog!!

Inacreditável! 

Duas coisas, na verdade, são inacreditáeis: 

1ª meu blog ter completado 10 anos em maio
2ª eu só ter percebido isso agora.

Pois é, só fui perceber este "bloganiversário" quando estava pensando no meu próprio aniversário (que já é semana que vem!). Incrível como o tempo passou rápido. Lembro como se fosse ontem como esse lugar da "Garota de lugar nenhum" começou.

Eu tinha (quase) 17 anos, estava no 3º ano do Ensino Médio, não tinha computador em casa (meus pais eram meio contra tecnologia) e, por isso mesmo, adorava freqüentar LanHouses. Tinha acabado de descobrir as "maravilhas" do mundo blogueiro e achava muito legal a idéia de poder ter um lugar próprio para escrever meus pensamentos.

Na época eu não tinha muita noção de como tudo funcionava. O layout era bem basiquinho e sem graça; foi com o tempo e com a ajuda de umas aulas de HTML que fui aprendendo cada vez mais como costumizar o visual da página e adicionar coisas com meu estilo. 

Por muito tempo escrevi sobre coisas bem pessoais e tive pessoas legais que vinham aqui, interagiam, deixavam comentários e eu retribuia comentando em seus respectivos blogs. Depois, as visitas foram diminuindo e fui desanimando um pouco. Quando a onda de blogs ultra famosos esteve no auge, me senti horrível com o que escrevia aqui, achando que eu nunca chegaria a conseguir um grande alcance com as coisas aleatórias que postava (hoje em dia nem sei por que me preocupava tanto com esse tipo de coisa), e isso teve um grande impacto na minha já decrescente vontade de postar. Isso explica muito as idas e vindas que tive, ativando e desativando essa página várias vezes ao ano. Demorou até entender que meus gostos e pensamentos não são assim tão populares (apesar de sempre ter alguém por aí que possa se interessar pelas mesmas coisas que eu) e assumir esse meu viés sui generis

Cheguei então agora ao ponto de assumir que o gosto mesmo é de postar sobre o que me interessa no momento, independentemente do que seja (e na maioria das vezes é sobre algo relacionado à música) e é assim que continuará sendo. 

Nesses 10 anos que passaram, muita coisa mudou em minha vida, mudei, mas ao mesmo tempo, continuo a mesma. 

E isso é ótimo.

Parabéns ao blog!

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Mixtape #11 - It's only love! ♥

Praticamente um ano depois da última vez que postei uma mixtape, cá posto hoje essa nova listinha de músicas relacionadas ao amor e ao dia dos namorados.

Pensei em montá-las numa sequência que soasse como uma historinha: uma pessoa falando à outra que quer que ela a queira ("I want you to want me"), seguida dela contando o "segredo" - não tão secreto - de que ela a ama ("Do you want to know a secret?") e afirmando que precisa dela em sua vida ("Got to get you into my life"), reafirmando que a quer ("I want you"), pedindo uma chance ("Take a chance on me"), dizendo que foi criada para amá-la ("I was made for lovin' you"), se surpreendendo após a tão esperada conquista ("Maybe I'm amazed"), agradecendo à pessoa amada o quão feliz ela a fez ("You Made Me So Very Happy") e terminando essa coisa toda com a explanação poética do amor real ("Real Love")!

Download AQUI

Cheguei a pensar em colocar um final mais triste, com a música "No reply" do Genesis, onde o interlocutor reclama da falta de resposta da pessoa amada (dando a entender, na minha historinha, que a pessoa acabou ficando no vácuo, hehe), mas achei isso meio desnecessário, afinal, o amor feliz é sempre a melhor escolha, por mais bobo que pareça (pois, como já disse Paul McCartney: "Love isn't silly at all!") ♥

Então, é isso. 
A capa cafonérrima foi intencional 😀


quinta-feira, 1 de junho de 2017

"It was 50 ago today...

...Sgt. Pepper taught the band to play"

E nada mais foi o mesmo desde então.

Quando ouvi o Pepper's pela primeira vez, eu tinha acabado de completar 12 anos e o disco 35. Foi inacreditável, nenhum outro disco me causou um impacto tão grande como esse. Posso dizer com toda certeza que nunca mais fui a mesma depois de ouvir essa obra de arte. 15 anos depois da primeira vez que o ouvi e completando hoje os 50 anos do aniversário desse álbum maravilhoso, mantenho as mesmas impressões que tive: esse é um dos melhores discos da história da música mundial (e o melhor de todos para mim!).

Esse disco definitivamente marcou a minha vida. Impossível ouvir uma música só. Pra mim, é uma experiência tão especial que, se escolho ouvi-lo, SÓ ouço ele do início ao fim, sem fazer mais nada em paralelo. Sei a letra de todas as músicas de cor 💗


E eu quase morri do coração quando vi esse vídeo do lançamento da edição de aniversário, principalmente por ele começar com a minha faixa preferida: "Getting Better"!

Nós na Beatlemania Experience, ano passado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...