terça-feira, 4 de agosto de 2015

Filme Cássia Eller

 

"Música pra mim foi uma fuga da minha incapacidade de viver socialmente com as pessoas (...) foi uma fuga da minha timidez. Eu tenho vergonha das pessoas, eu tenho medo das pessoas... eu tenho medo de gente, só com as pessoas que eu tenho muita intimidade é que eu consigo me abrir mais (...) fora disso, eu só tenho medo." 

Poderia perfeitamente ser algo escrito/dito por mim, mas saiu da boca de Cássia Eller, logo no início de seu documentário. Me identifiquei tanto que na hora senti até um aperto na garganta. 

Eu sempre gostei das músicas da Cássia, apesar de não me aprofundar em sua discografia. Lembro bem dela no Rock in Rio, no Acústico MTV e de quando ela faleceu, em 2001 (não esqueço de quando vi a notícia num daqueles plantões assustadores da Globo). Então foi com curiosidade que fiquei sabendo que sairia um documentário sobre ela no início desse ano (afinal, adoro esse tipo de filme!). Mas só tive chance de assistí-lo recentemente.

Se logo no início do filme eu já me identifiquei totalmente com a personalidade dela, ao longo da narrativa me encantei cada vez mais com os fatos/acontecimentos de sua vida. Não é preciso dizer o quanto ela era uma figura controversa/chocante/etc. Mas o mais legal da narrativa é ver o quanto ela se desenvolveu como artista, suas relações pessoais, a influência dos amigos em sua carreira, seu amor enorme pelo filho e esposa... enfim, achei que o filme fez jus à pessoa sem ser pedante e muito menos tendencioso.

Passei a admirar mais ainda a Cássia, não só como cantora, mas também como pessoa. Alguém que sentiu na pele o quanto é difícil ser uma pessoa tímida e insegura num mundo extrovertido e exigente demais, mas que mesmo assim seguiu fazendo o que amava e amando as pessoas ao seu redor.

Já assisti três vezes, haha.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...