terça-feira, 13 de outubro de 2009

Nunca imaginei que um dia receberia algo tão lindo:

"Ode à ti ó doce e adorável Isa, a Bela;

Bem-aventurados sejam os néscios, que em estado de letargia provaram do róseo dos teus lábios, e que como títeres, não souberam que neles se encontrava o néctar dos deuses;

Bem-aventurados sejam os néscios, que em estado de letargia puderam conhecer do calor do teu corpo físico, e que de forma efêmera deixaram esvair teu etéreo corpo;

Bem-aventurados sejam os néscios, que em estado de letargia, ainda que eventualmente, consagraram-se em compartilhar venerável companhia e dela pouco se importaram;

Bem-aventurados sejam os néscios, que em estado de letargia te fitaram e em nada desconfiaram que em teus olhos repousava os segredos da imensidão dos céus;

Bem-aventurados sejam os néscios, que em estado de letargia, e como acéfalos, condescenderam-se com teu intelecto, sem nunca sequer imaginar a vastidão e profundidade dos mares nele contida;

Bem-aventurados sejam os néscios, que em estado de letargia te acharam apenas atraente ou bonita, conquanto sei que te se assemelhas a uma deusa, e que em teu altar, haja vista esta declamatória, deverias ser venerada e ter os pés beijados todos os dias...


LENNOS
05/10/2009
23:55 "

Isso foi escrito por alguém muito especial que vem me conquistando cada vez mais.
Fico simplesmente sem palavras, é lindo demais.
Aiai.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...