quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Disso que a gente sente

Alguma coisa boa, grande, simples e surreal que vai surgindo por dentro. Uma vontade imensa de conhecer cada vez mais. A sensação de que era isso mesmo que se esperava.
Inquietação que não permite se pensar em outra coisa. Lembranças boas vindo uma atrás da outra, e provocando um sorrisinho de canto de boca quase imperceptível.
O frio na barriga que volta depois de tanto tempo.
E aquela vontade de se estar perto. Quanto mais próximo, melhor. Mais e mais.

Andar de mãos dadas, sentir a presença. As idéias que batem, pensamentos sincronizados.
O tempo que corre quando deveria se arrastar.

E a gente assim, descobrindo o que nem se esperava, vislumbrando coisas lindas, se surpreendendo cada vez mais.

E um bem estar imenso crescendo no peito.

5 comentários:

Beatriz disse...

Isso me lembrou um verso do Vinicius de Moraes:"essa vontade de estar perto, se longe,e mais perto se perto."
sentimentos arrebatam...

João Rafael disse...

Esse sentimento é combustível da vida plena!

Eduardo Bento disse...

Tem horas que o ser humano acredita que apenas outro ser poderá trazer a felicidade plena, e acabam por fazer grandes maldades com outros seres que só queriam viver em união com todos. A moralidade faz com que as opressões sejam sempre valorizadas.

alegria de viver disse...

Olá querida
É maravilhoso quando a gente sente, seja lá o que for. Porque sentir é com o coração.
Com muito carinho BJS.

O Profeta disse...

A meiguice dos teus olhos
Enternece a alma mais dura
Sei-te em cada batida de coração
Na verdade da água pura

A verdade da terra
De verdadeira verdade se veste a tua alma nua
O mundo conhece teus passos
O teu destino impresso nas pedras de uma rua

Mágico beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...