segunda-feira, 21 de julho de 2008

"Imagine-crescendo com meu irmão John Lennon"


Um dos mais inesperados e melhores presentes de aniversário que recebi foi justamente este recém lançado livro de Julia Baird sobre sua vida ao lado de seu meio irmão John Lennon.
Confesso que antes desse livro eu nem tinha idéia de que o John tivesse irmãos,e me surpreendi ao saber de histórias escondidas por sua família. Para alguém que leu muitas biografias feitas por gente que nem sequer teve contato direto com nenhum dos Beatles,ler algo como esse livro é sem dúvida uma experiência nova e muito reveladora.Um trabalho sincero,emocionante e inteligente,carregado de emoção mas muito longe de ser apelativo.
E qual não foi minha surpresa ao descobrir,ouvindo o rádio,que será feito um filme baseado nesse livro!! Como a vida pode ser cheia de coincidências...

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Thinking

Liberdade é talvez um conceito muito mais prático que teórico.Mas ainda sim é algo real.Esse discurso cético de que liberdade é algo que não existe absolutamente,é um tanto quanto extremista. Afinal,se fosse algo apenas imaginário,como explicar o impulso criativo que sentimos diante de alguns momentos ao longo da vida?Pra mim,só pode ser algo que liberta.
Liberdade é algo talvez tão pessoal que por isso mesmo seja tão difícil criar uma única definição a respeito. É o tipo de abstração que só pode ser vislumbrada com uma boa dose de... liberdade.
Mas de uma coisa se pode ter certeza: ela está muito longe de ser apenas a "capacidade de sair por aí sem dar satisfação a ninguém",esse é só um lado minúsculo do todo.
Tranquilidade é liberdade,criação também.Poder ter certeza do que ser quer é uma forma de se sentir livre,assim como ter certeza da falta de certeza também é se libertar. Porque liberdade é a arte da escolha: a de ser como se é e de também não querer ser,a de poder fazer ou não,etc,etc.
Até nos momentos em que nos limitamos estamos sendo livres para poder nos limitar,afinal essa é uma opção nossa. No fundo,talvez liberdade nem seja algo tão expansivo,mas que está intrínseco em cada momento do dia a dia,de acordo com o pensamento de cada um e do espaço em que se encontra.
Há momentos em que parece mais fácil senti-la. Mas ela está sempre conosco.
Poucos se dão conta de como são livres,pois se apegam a convenções e ciladas do ego,mas liberdade pra mim é assim: simplicidade,opções,respeito e muita,muita tranquilidade.
Meus pais são livres,meus amigos nem tanto,John Lennon era livre e muitos gênios também;me sinto hoje mais livre que há anos atrás,pois descobri que no fundo só nos resta sermos tranquilos,e não nos abalarmos com besteiras,pois isso é perda de tempo.

sábado, 12 de julho de 2008

É,talvez eu esteja meio confusa.Ou no fundo tenho certeza mas não consigo admitir a mim mesma o que se passa comigo. O que importa é que estou bem com isso.

"Tudo é uma questão de manter a mente quieta,a espinha ereta e o coração tranquilo"...

Beatles!!!


Os "quatro fabulosos",que marcaram a trilha sonora da minha vida,me enlouqueceram aos 11 anos e mudaram minha adolescência por completo. Geniais,irreverentes,bonitos,inexplicávies. Meu sonho quando criança era viajar pelo submarino amarelo até Pepperland e de lá não voltar mais. Briguei com muita gente defendendo suas músicas. Chorei a morte do George. Fui pega em bibliotecas rasgando revistas novas só pra ficar com matérias sobre eles. Li ao todo 10 biografias, e agora estou na 11ª. Sim,sou daquelas fãs que se pudesse ir a algum show deles,gritaria até não poder mais. Não importa aonde esteja,se tocar Beatles,congelo;fico estatelada.
E sabe o porque de tudo isso??
Não sei.
Eles me emocionam de um jeito tão surreal,é difícil dizer.


Is only a feeling.


Só posso dedicar minha admiração a esses caras,e nada mais.

...

Não tenho 100% do controle da situação (seria querer demais...),nem a menor idéia do que esperar,isso se devo mesmo esperar alguma coisa,mas estou feliz. Continuo tranquila,e tudo o que tem acontecido tem me deixado assim. Não é como espero,e é aí que está o legal da coisa.
Porque tem sido ainda melhor

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Parabéns Ringo

Repórter:"Por que você usa tantos anéis no dedo?"
Ringo : "Porque eles não cabem no meu nariz!!"
Dois dias atrasada,mas mesmo assim quero comemorar.
Afinal,esse cara não pode ser deixado de lado,e eu admiro muito ele. O mais irreverente dos Fab four,muitas vezes menosprezado,mas grande merecedor de elogios completou no dia 07 desse mês 68 anos. É,depois de muitos sustos em uma vida acidentada e cheia de altos e baixos, Richard Starkey Junior continua firme e forte! Só espero que ele dure muitos anos,afinal isso é tudo o que um fã mais quer de um ídolo,né?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...